fbpx

Sabesp começa testes de IoT com medição de consumo da rede

Source: Mobile Time / Written by

A Sabesp (AndroidiOS) escolheu a Nalbatech como vencedora do seu leilão licitatório para implementar um sistema centralizado de monitoramento e controle da telemetria e telemedição (hidrometria). Feito por meio da unidade de negócio Capivari/Jundiaí RJ em Itatiba, São Paulo, a ideia é que a tecnologia sirva como piloto da concessionária.

Inicialmente, o serviço funciona na cidade de Morungaba, a 110 km da capital. Por meio do sistema Elliot Cloud, da Nalbatech, sensores conectados ao dispositivo de medição e conexão em rede SigFox, a Sabesp pode observar dados de consumo do município. Isso acontece por meio de dados como: vazão da água, volume e pressão, turbidez, quantidade de cloro, flúor, insumos para tratamento.

Os dados são transmitidos ao Elliot Cloud e permite aos gestores o acompanhamento em tempo real com relatórios, gráficos e alertas por e-mail ou via apps de comunicação corporativa. Inclusive, o sistema da fornecedora de tecnologia avisa sobre problemas na rede.

O próximo passo do projeto é levar as informações para o consumidor comum, de modo que acompanhe o consumo pela tela de seu smartphone.

O projeto na unidade de negócios de Itatiba está no rol do Saneamento 4.0, uma ação de centralização das operações da companhia de água e esgoto de São Paulo com base em Internet das Coisas (IoT). Vale lembrar que este projeto de IoT não é novidade na concessionária. Em 2019, Mobile Tim noticiou o uso de medidores conectados domésticos na Sabesp em parceria com a WND.